Postado em 07/10/2013

Quais os indicadores de que o objetivo traçado pela comissão técnica está sendo atingido.

No caso da equipe Y, seria manter a posse de bola no campo do adversário, o mais próximo possível da meta adversária, para aumentar as possibilidades de progressão atrás da u.l.a. ou de criação de espaço para finalizar!

No caso da equipe X, há pouca posse de bola no geral e mais posse no campo defensivo, o que mostra a dificuldade de articulação de jogadas para ocupar o campo ofensivo, neste caso,  recebendo pressão do adversário na saída de bola.

Mas qualquer objetivo organizacional deve ser seguido de uma estratégia básica, que serve de referência para todos.

Como podemos manter a posse de bola?


 GERANDO ESPAÇO E SEGURANÇA PARA CIRCULAÇÃO DA BOLA:
   
 - 1) Coletivamente: através de deslocamentos e posicionamentos que se tornem linhas de passe "seguras" para quem tem a bola;


 - 2) Individualmente: através das técnicas de passe, recepção, condução/proteção e drible de cada atleta. Obviamente, o drible como recurso para manter a posse de bola, deve ser usado apenas em situações específicas, para não colocar em risco a equipe caso se perca a bola.

Sendo assim, se tal estratégia não é seguida e disseminada, ou se a equipe adversária adota estratégia de marcação mais eficiente, temos poucas chances de atingirmos o objetivo.

Por:
Marvio Pereira Leoncini

Contatos

Biblioteca Digital

Facebook