Postado em 13/11/2018

Na maioria das vezes as crianças e os adolescentes são vistos e entendidos como miniatura dos adultos. Essa condição torna muito comum nos depararmos com situações em que esse público é submetido a modelos de treinamento e sobrecarga, tanto fisiológica como psicológica.
Esse grupo especial, como é considerado na área da fisiologia do esforço, apresenta algumas características qualitativas que exigem maior atenção e cuidado na prescrição do treinamento, incluindo: diferentes ajustes cardiovasculares, respiratórios e endócrinos; menor concentração de enzimas glicolíticas e maior concentração de enzimas oxidativas; processo de crescimento e maturação óssea, entre outras.
Além disso, atenção especial merece ser dada ao excesso de peso e à obesidade que hoje afeta esse público, pois os maus hábitos alimentares e a falta de atividade física podem prejudicar o processo de crescimento e desenvolvimento e, consequentemente, a saúde das crianças e dos adolescentes.
Nos cursos de Pós-graduação em Educação Física da FMU você terá a oportunidade de ter acesso ao que há de mais recente na literatura nacional e internacional sobre prescrição do Treinamento para para esse público, com os cuidados especiais a serem tomados e com a forma correta de prescrição e controle da carga interna e externa de treinamento.
 

Contatos

Biblioteca Digital

Facebook