Postado em 13/06/2019

Segundo o autor Caspersen, atividade física é qualquer movimento corporal, produzido voluntariamente pelos músculos esqueléticos que gere gasto calórico acima do gasto calórico em repouso. Assim, uma simples caminhada até o ponto de ônibus, subir e descer escadas, tomar banho, passear de bicicleta pelo parque são exemplos de atividades físicas comuns entre as pessoas, pois essas atividades geram gasto calórico acima do repouso.
Já o exercício, é um tipo de atividade física praticado no tempo de lazer que é estruturado e sistematizado. Essa estrutura está ligada a 3 pontos:
 
- Objetivos bem definidos;
- Metas bem definidas;
- A dose de esforço (tipo de exercício, volume e intensidade).
 
Assim, quando você pratica atividade física, como caminhada, você não tem um objetivo pré definido, e consequentemente a sua dose de esforço é muito menor devido não ter uma meta pré definida.
Assim, quando você prática a atividade física, caminhada, por exemplo, você não tem metas definidas e muito menos a dose de esforço. 
Eu posso por exemplo fazer uma caminhada e chamada de exercício somente quando há a definição clara de objetivos, metas e o controle da dose de esforço, afinal, podemos definir a velocidade de caminhada, o % da FCmáxima que nossos alunos irão, quantos minutos de caminhada em determinada intensidade e quantas vezes por semana. Notou a diferença entre um e outro?
 
O local onde se prática atividade física ou exercício não está diretamente relacionada com o conceito e sim se há uma estrutura definida ou não! Portanto, eu posso fazer atividade física dentro da academia, quando minha atividade não estiver estruturada e posso praticar exercício ao ar livre pedalando uma bicicleta, desde que seja estruturada, ou seja, com objetivos claros, metas definidas e dose de esforço definida.
 

Contatos

Biblioteca Digital

Facebook