Postado em 14/01/2020

As mulheres naturalmente enfrentam mais dificuldade em emagrecer do que os homens. Essa dificuldade aumenta com o passar dos anos, em razão das mudanças hormonais e na composição corporal que experimentam.

Conforme a idade avança, o metabolismo, de fato, fica mais lento, pois a tendência da mulher é perder massa magra e ganhar gordura corporal. Para se ter noção do impacto metabólico dessa mudança corporal, é importante que você saiba que, para cada 1 kg de músculo que ganhamos, aumentamos nosso metabolismo em torno de 90 cal/dia, enquanto que, para cada 1 kg de gordura que ganhamos, aumentamos o nosso metabolismo em 5 cal/dia. Por isso, a importância de JAMAIS abandonarmos o treinamento de força, como a musculação.
Ganhar músculos é ainda mais necessário conforme envelhecemos, não só pela manutenção do metabolismo, como também para cuidar dos ossos, do cérebro, da saúde emocional e de vários aspectos da nossa saúde.
Somam-se a isso os declínios hormonais, como é o caso da diminuição do GH (hormônio do crescimento) e da testosterona, o sono ruim, o intestino inflamado, o estresse, o sedentarismo e a falta de tempo. Temos, então, um combo que joga contra você e seus resultados.
Emagrecer aos 30 não é mais tão fácil como era aos 18, mas a boa notícia é que, por mais difícil que seja, ainda é possível melhorar a sua relação com seu corpo. Muito provavelmente isso vai exigir de você mais dedicação e paciência em relação à dieta e aos treinos, mas, com um bom acompanhamento médico e nutricional, você vai ter o suporte necessário e adequado rumo aos seus objetivos e desejos.
 

Inscrições Abertas para a Pós de Treinamento Feminino

Contatos

Biblioteca Digital

Facebook