Postado em 16/09/2018

É comum pessoas iniciantes na corrida se queixarem de pontadas forte ao lado da barriga, essa dor localiza-se ao lado abaixo da costela e pode ter diversos motivos.
Conheça:
 
Esforço Físico: A dor ao lado pode ser ocasionada por esforço muito intenso, o que está relacionado também à falta de condicionamento físico.
 
Respiração Errada: Enquanto realiza a atividade física, por exemplo, na hora de dar as passadas na corrida. Respirar superficialmente faz com que o diafragma, músculo que separa o tórax do abdômen, contraia e relaxe rápido demais, podendo apresentar um espasmo, uma espécie de cãibra, e ocasionando as dores
 
Estômago Cheio: Estômago muito cheio também pode fazer com que o diafragma entre em espasmo pois o músculo ficaria tocando constantemente no estômago durante a inspiração. Por isso, preste atenção no que come antes do treino, e também na quantidade, para não ser pega por essa incômoda dor do lado.
 
Uma dica para se livrar da dor, éé diminuir o ritmo do esforço imediatamente. Procure respirar profunda e vagarosamente e pressione o local da dor com os dedos.Outra atitude que pode dar resultado é intensificar a respiração no momento da dor, expirando várias vezes de maneira forte e prolongada. Já para evitar que essa dor te pegue,  prestar atenção na sua respiração.
Se você é iniciante, comece a se exercitar com um ritmo lento, para que o corpo se acostume e acerte a frequência da sua respiração. Um aquecimento mais leve vai acertar o trabalho muscular e ajeitar a respiração do atleta.
Mas é importante saber que a respiração ideal vem com o tempo e acontece sozinha, à medida em que a pessoa vai conhecendo seu corpo e descobrindo seu ritmo.
 
Acerte a respiração
Não existe uma fórmula mágica para se respirar corretamente. Porém, algumas dicas podem ajudar a evitar as incômodas dores enquanto se exercita.
Procure respirar inflando o abdômen, e não erguendo os ombros ou estufando o peito uma respiração curta que provoca ansiedade e dá pouco fôlego. A respiração pelo abdômen relaxa o diafragma, enquanto a outra obriga o músculo a se contrair e relaxar muito rapidamente, com intervalos muito curtos, o que pode provocar as pontadas.
No começo não é tão fácil, mas treine a respiração no dia a dia e em pouco tempo isso se tornará automático para você.
 

Contatos

Biblioteca Digital

Facebook