Postado em 06/12/2017

O voleibol é um esporte de origem americana, criado no século XIX e conhecido nos quatro cantos do mundo. A modalidade está presente em diversos eventos e torneio desportivos, como, por exemplo, os jogos americanos.
 
O objetivo principal consiste na marcação de pontos, mas, o seu diferencial é fazer com que a bola caia no chão após atravessar a rede, assim, marcando o ponto.
 
Fundamentos/Jogadas
 
Para jogar voleibol são usadas várias jogadas ou fundamentos! Confira:
 
Saque: O saque é o ponto inicial do jogo. O jogador fica posicionado atrás da linha do fundo de campo e deve mandar a bola para o campo adversário usando as mãos ou qualquer parte do braço.  A intenção é que os jogadores enviem a bola com o máximo de força.
 
Recepção: Esta é a jogada que é feita imediatamente, depois da equipe adversária fazer o seu serviço ou ter atacado. A jogada é utilizada para defesa, evitando que a bola toque no chão. A posição mais comum para realizá-la é a manchete, na qual o jogador consegue melhor controle da bola após receber um forte ataque, tendo como objetivo mandar a bola em boas condições para o levantador. 
 
Levantamento: Este normalmente é feito com as duas mãos sobre a cabeça e é a jogada que antecede o ataque, tendo como objetivo mandar a bola próxima à rede, para que alguém faça o último movimento de envio da bola para o lado adversário.
 
Ataque: Ataque ou corte é quando o jogador dá o último toque para o campo adversário fazendo um salto vertical e um golpe com bastante força por cima da rede, em direção ao chão do campo adversário. Quanto mais jogadas desta forma, maior a chance de conseguir colocar a bola no campo adversário, evitando o bloqueio.
 
Bloqueio: Defesa ao ataque. Neste caso, a jogada é composta por um salto vertical com os braços estendidos para cima, de forma a criar uma barreira. O bloqueio pode ser efetuado por 1 a 3 jogadores ao mesmo tempo (mais jogadores, maior as chances de bloqueio).
 
Fonte:  https://sportsregras.com/voleibol-fundamentos-historia-regras/

Contatos

Biblioteca Digital

Facebook