Postado em 04/01/2019

A atividade física no período gestacional propicia inúmeros benefícios a saúde da mulher, e pode diminuir o risco de quedas. Assim, este estudo tem por objetivo verificar a influência da atividade física e um teste de condições sobre equilíbrio estático e dinâmico das mulheres gravidas.

Como metodologia, a pesquisa seguiu o seguinte caminho: estudo analítico, transversal e comparativo com uma amostra de 99 mulheres grávidas divididas em dois grupos, com atividade física como fator de agrupamento. A avaliação incluiu questões sobre o tipo e frequência da atividade física e investigação do equilíbrio postural

Para análise estatística, foram utilizados os seguintes testes: Shapiro Wilk, Mann-Whitney, ANOVA One Way e Wilcoxon. Resultados: Não foi encontrada relação entre atividade física e equilíbrio postural (F> 0,40, P> 0,07). No entanto, as condições de teste alteram a velocidade de oscilação (P = 0,001) e o movimento de controle direcional (P = 0,001).

Conclusões:

Os resultados sugerem que:

- A atividade física não influencia as variáveis relacionadas ao equilíbrio postural em mulheres grávidas ativas e sedentárias;

- A velocidade de oscilação postural e controle direcional do movimento estão relacionados às condições de teste utilizadas durante a avaliação do balanço.

 

Contatos

Biblioteca Digital

Facebook